Remoção de agrotóxicos da água por osmose inversa

Palavras-chave: Processos de separação por membranas, tratamento de sementes, poluentes emergentes, tratamento de efluentes

Resumo

Os agrotóxicos são produtos químicos vastamente utilizados no setor agrícola, dividindo-se em três categorias: pesticidas, inseticidas e fungicidas. O Brasil está entre os primeiros colocados no uso de agrotóxicos e, o seu manejo inadequado, bem como o seu uso intensivo, podem ocasionar impactos negativos ao meio ambiente e à saúde humana. Os agrotóxicos estão classificados dentre os poluentes emergentes, que são compostos químicos persistentes e tóxicos. O presente trabalho avaliou a remoção, por membrana de osmose inversa, de três soluções diferentes de agrotóxicos utilizados no processamento de lavagem de sementes. Estudou-se o efeito da pressão de operação no fluxo do permeado e na rejeição da membrana. As variáveis de resposta foram: pH, turbidez e rejeição dos agrotóxicos pela membrana. A quantificação e a identificação dos agrotóxicos presentes nas soluções foram realizadas através de cromatografia gasosa de alta eficiência acoplada a detector de massa. O sistema apresentou bons resultados quanto a rejeição dos agrotóxicos, variando de 98,78% a 99% em condições de pressões de 580 kPa e temperatura de 25°C. O efeito da pressão, em relação ao pH e a turbidez, não obteve variação significativa. Em relação ao fluxo do permeado obteve-se variação significativa, desta forma a elevação da pressão exerceu um efeito sobre o aumento da rejeição e do fluxo. Com a obtenção de altos valores de remoção dos agrotóxicos, o sistema de separação com osmose inversa pode ser considerado uma alternativa de tratamento complementar para as companhias de tratamento de água e efluentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-06-29
Como Citar
Rossetto, D., Cadore, J., Giubel, G., & Brião, V. (2021). Remoção de agrotóxicos da água por osmose inversa. Revista CIATEC-UPF, 13(1), 20-32. https://doi.org/10.5335/ciatec.v13i1.12673
Seção
Artigos de Pesquisa nas Áreas de Ciências e Tecnologias